5 sinais de que você precisa de ajuda com telemedicina

20 julho 2016

5 sinais de que você precisa de ajuda com telemedicina

Quando chega um paciente cardiopata em sua clínica, como você procede? Como faz o check-up para analisar a saúde do coração dos seus pacientes? Seria ótimo ter nas clínicas um veterinário que trabalhe com cardiologia para atender a estes casos específicos, mas nem sempre isso é possível.

Um médico veterinário, quase sempre, acaba atendendo mais de uma espécie e todos os tipos de doença. Por isso, ter formação complementar em excelência em todas as áreas torna-se inviável. Se você vive essa situação e quer melhorar o tratamento que oferece, precisa conhecer e fazer uso da telemedicina veterinária! Entenda como ela funciona!

5 Sinais de que a telemedicina veterinária pode te ajudar

1 – Não tem um médico veterinário habilitado em laudar exames

A emissão de laudo se faz necessária para o cliente, para comprovar a doença ou para ajudar o clínico a estabelecer o protocolo terapêutico adequado quando a leitura do exame é um pouco mais complicada. Quem não tem um profissional habilitado na clínica, pode contar com a ajuda da telemedicina veterinária para fazer esses laudos.

2 – Sua clínica atende muitos pacientes idosos

Animais idosos têm mais chance de apresentarem algum problema cardíaco. Assim, para aumentar o tempo de vida e melhorar a qualidade de vida dos bichinhos, acompanhar a saúde do coração é mais do que necessário. Laudos de eletrocardiogramas são essenciais para isso.

Você não tem como disponibilizar o laudo? A telemedicina veterinária fará isso por você, sem que tenha que se locomover ou pedir para o que paciente seja transportado a outro local!

3 – Seu check-up é incompleto

Quando seus pacientes chegam para fazer um check up, como você faz para avaliar o coração do animal? Lembre-se de que um filhote pode ter uma cardiopatia congênita, um felino pode ter indícios eletrocardiográficos de cardiopatias e, quanto antes for diagnosticada, mais facilmente você pode estabelecer um tratamento correto para ele. Por isso, é essencial que você faça um eletrocardiograma e receba um laudo de um veterinário da área. Como fazer isso? A telemedicina pode ajudar você!

4  – Você quer oferecer mais alternativas de exames aos pacientes

Está tentando aumentar o alcande da sua clínica? Um diferencial pode ser ter um eletrocardiograma e emitir laudo. Colegas que não tenham o exame disponível e precisem, acabam encaminhando o paciente para fazer com você.

Como com a telemedicina você realiza o exame e um veterinário hablitado emite o laudo, basta ter os equipamentos necessários. Rapidamente tudo é feito, você oferece o laudo do exame e aumenta o movimento do seu negócio.

5 – Precisa de alguém para discutir o caso clínico?

Quantas vezes casos mais complicados chegam até você? Discutir o protocolo terapêutico com um colega seria ideal, mas nem sempre é possível. Com a telemedicina, você terá como discutir o tratamento do seu paciente com o laudista responsável pelo seu exame. Tudo isso com rapidez, praticidade e à distância, graças à tecnologia.

Investir na telemedicina veterinária trará mais movimento para o seu negócio, melhor atendimento para os seus pacientes e mais satisfação para os clientes!

Gostou da ideia? Saiba mais sobre a telemedicina e como adquirir! 

Leave a Reply