Benefícios da realização do ECG periodicamente em animais

ECG Veterinário
30 junho 2014

Benefícios da realização do ECG periodicamente em animais

Nos últimos anos, a medicina tem evoluído imensamente. Isso já é fato notório quando o tópico é a medicina humana, mas não podemos esquecer da especialidade médica voltada para animais. Em grandes cidades, profissionais altamente especializados em áreas de saúde animal, têm provado que a medicina veterinária tem um nicho próprio: não apenas para donos de seus ‘pets’, mas também para proprietários de animais de linhagem que, não raro, custam uma soma considerável. Isso, evidentemente, se aplica a animais de pequeno e grande porte.

Hoje a prática de levar os animais de estimação a uma clínica, como é feito com seres humanos – que regularmente devem fazer seus exames de rotina –, permite a realização de alguns exames que auxiliam na preservação do bem-estar animal. E um deles é o ECG, o Eletrocardiograma Veterinário.

Por que o ECG é importante para os animais?

O ECG de pequenos e grandes animais realizado regularmente permite ao profissional ter um histórico da atividade elétrica do coração de seu paciente, bem como distúrbios, arritmias e quaisquer outros problemas que possam afetar o órgão, além de indicar se o animal está apto a, por exemplo, sofrer uma intervenção cirúrgica.

Esse procedimento não é muito diferente dos humanos. O mesmo se repete com os pacientes de quatro patas, sejam eles cães, gatos ou animais maiores. Há casos em que cães nascem com má formação no coração; há cães que tem arritmias etc. Com o eletrocardiograma feito regularmente, o médico veterinário formará um histórico.

Como funciona o ECG?

O ECG registra a variação dos potenciais elétricos gerados pela atividade elétrica do coração. Vale dizer que esses impulsos elétricos têm origem na medula alongada, controlada pelo centro cardiorrespiratório. O exame precisa ser interpretado por médicos ou veterinários especializados.

Por que o ECG deve ser periódico?

Através do ECG periódico, é possível verificar diversas patologias do coração, além de medições da pressão arterial – cães e gatos podem sofrer de pressão alta ou baixa, sendo portanto mais um benefício da periocidade do exame.

O ECG é indicado para: diagnóstico exato de arritmias; dispneia (dificuldade respiratória); choque; desmaios ou convulsões; em procedimentos quando o animal é anestesiado; sopro cardíaco; cianose, entre outros procedimentos.

Sendo o ECG uma representação gráfica da atividade elétrica do coração, é possível detectar as alterações cardíacas, como aumento de câmaras cardíacas, alterações de eletrólitos (cálcio e potássio) e arritmias, que são os alvos principais do exame. As arritmias variam, desde a mais branda às sinusias, consideradas fisiológicas até as fibrilações ventriculares, consideradas graves, pois o paciente corre risco de morte.

A vida é um dom magnífico. O estudo, a evolução das ciências tem aberto oportunidades de amenizar alguns desvios em seu percurso; daí nada mais fantástico do que utilizá-los.

O ECG periódico acompanha o histórico do paciente, e como é de fácil realização pode ser feito em ambulatório, pois não necessita de qualquer tipo de sedação. Dessa forma, oferece um modo eficaz para verificação do comportamento cardíaco do paciente.

As doenças cardíacas, também conhecidas como cardiopatias, são comuns nos ‘pets’, especialmente, nos caninos idosos (geralmente, é considerado idoso a partir dos 7 anos). Os sintomas no cão incluem tosse alta (lembra um engasgo), cansaço, falta de ar, emagrecimento, inchaço nas patas traseiras, desmaios e ascite (barriga d’água). No gato, os sintomas são falta de ar e dificuldade para andar com as patas traseiras.

Às vezes, o veterinário percebe os sintomas apenas ao auscultar o coração; porém, nem sempre é tão simples, daí a confiabilidade para a realização do ECG.

Médicos e veterinários lidam com aquilo que é mais caro e importante do que tudo: a vida. Não tem nada mais fantástico do que a vida – seja de um bebê, de um gatinho ou de um cavalo. A vida é um dom magnífico. O estudo, a evolução das ciências tem aberto oportunidades de amenizar alguns desvios em seu percurso; daí nada mais fantástico do que utilizá-los.

O EGC traz inúmeros benefícios aos animais. Invista nesse exame na sua clínica e proporcione bem-estar aos seus pacientes! Acesse nosso site e saiba mais.

Leave a Reply