CFMV lança aplicativo no facebook para denunciar o tráfico de animais selvagens

18 dezembro 2014

CFMV lança aplicativo no facebook para denunciar o tráfico de animais selvagens

O tráfico de animais silvestres ainda é um problema fora de controle no Brasil. Entre os anos de 2006 e 2014 a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou aproximadamente 100 mil apreensões de animais vítimas de tráfico. Nesse meio estão aves e mamíferos e poucos deles permanecem vivos por muito tempo. Estima-se que apenas 10% dos animais apreendidos por traficantes sobrevivam. Para ajudar a mudar esse quadro, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) lançou um aplicativo de nome Extintômetro no Facebook.

Entenda a importância do aplicativo para denunciar o tráfico de animais selvagens

O aplicativo lançado pelo CFMV quer ajudar a alertar as pessoas sobre o crime e incentivá-las a realizar a denúncia. No Extintômetro, é possível encontrar informações sobre 627 espécies brasileiras ameaçadas de extinção. Como está disponível no Facebook, ele acaba se tornando acessível a uma grande parcela da população.

Nesse mesmo app é possível encontrar informações sobre como denunciar um traficante e ele disponibiliza também fotos dos animais da fauna brasileira para serem usadas como foto de perfil.  “Neste um ano de campanha, houve pouco ou nenhum avanço no combate a esse tipo de crime. Acreditamos que uma reação efetiva contra o tráfico exige pelo menos dois movimentos: os órgãos do governo responsáveis por fiscalizar e coibir o tráfico de animais precisam estar mais bem estruturados para impedir o esvaziamento de nossas florestas; e a sociedade deve se envolver no combate a esse crime, que vem provocando danos irreversíveis à biodiversidade”, declarou o presidente no CFMV em entrevista dada ao portal do conselho.

Dados sobre o tráfico de animais no mundo

Graças a sua vasta diferenciação de espécies e fauna rica, o Brasil se torna alvo de traficantes. De acordo com informações do Renctas, 82% do total de animais traficados é de aves. Muitos são capturados no Centro-Oeste, Norte e Nordeste e são escoados para o sul e sudeste brasileiro. O Relatório Planeta Vivo 2014 publicado pelo WWF (World Wildlife Fund) diz que nos últimos 40 anos 83% das populações de animais silvestres foram extintas na América Latina.

Esses dados só contribuem para valorizar ainda mais atividades como essas que o CFMV vem criando. Além do aplicativo lançado, há mais de um ano o conselho está realizando eventos e palestras para o publico em geral. Trabalho em zoológicos, trilhas e até postos de informações em shoppings já foram realizados para alertar a todos e divulgar a problemática.

O  Extintômetro  pode ser acessado por qualquer pessoa que tenha Facebook e quanto mais divulgado melhor. Chamar a população para debater e conhecer a problemática do tráfico de animais silvestres é uma maneira de educar e trabalhar para que os índices apresentados diminuam.

Você já conhece o Extintômetro? O que achou dessa ideia?

Conte pra gente nos comentários!

Você já conhece o InCardio?

Solicite o catálogo online!

Conhecer

Leave a Reply