Check-up: qual a importância?

Check-up: qual a importância?
check-up qual a importância
07 outubro 2015

Check-up: qual a importância?

Seus clientes levam os animais de estimação para fazer check-up? Raramente os tutores sabem que isso é necessário. Embora os pets sejam criados como crianças, os “pais”, diferentemente do que fazem com bebês, não se lembram de levar o cão ou gato ao médico.

Mudar isso depende também das ações da clínica. O trabalho é demorado, mas com informações e atenção, é possível fazer com que a ida do cão ou gato à clínica passe a ser um hábito dos seus clientes.

Para facilitar esse processo, separamos uma lista com perguntas e respostas mais frequentes, para que você possa sanar todas as dúvidas dos tutores.

O que é o check-up? Para que serve?

Assim como os humanos, os animais precisam ter o acompanhamento da sua saúde. Para isso, é necessário levá-lo frequentemente ao médico veterinário para ser examinado e fazer uma bateria de exames, o check-up.

Isso é muito importante para que o animal de estimação possa ser avaliado e, caso alguma doença esteja no início, já ser diagnosticada. Quanto antes o diagnóstico for feito e o tratamento iniciado, maiores a chances de cura para o bichinho de estimação.

Além disso, é nessa visita regular ao médico veterinário que ele poderá avaliar a vacinação do animal, se está ou não em dia, a vermifugação, pelagem, controle de pulgas e carrapatos e até dar dicas sobre a alimentação e controle de peso. Tudo isso visando sempre garantir a saúde e o bem-estar animal.

De quanto em quanto tempo deve-se levar o animal para o check-up?

Isso varia de acordo com a idade e estado de saúde do bichinho. Um filhote, ou seja, cão e gato de até um ano de idade, deve ir com mais frequência para fazer a vacinação e acompanhar a vermifugação.

Durante a fase adulta, caso o pet seja saudável, deve ir uma vez por ano para fazer exames de rotina, vacinar e ter uma avaliação completa. Quando o animal fica idoso, este check-up deverá ser feito a cada seis meses, pois a chance de doenças, como as cardíacas, é maior.

Animais que tenham uma doença que necessite de acompanhamento rotineiro, como por exemplo, os com luxação coxofemoral ou os cardiopatas, deve fazer o check-up de acordo com o protocolo do médico veterinário.

Quais os exames feitos durante o check-up?

Além da avaliação clínica feita pelo profissional, ele poderá solicitar diversos exames, como os laboratoriais. Dentre os mais comuns estão o hemograma, leucograma e bioquímico.

Além disso, para acompanhar o coração do bichinho e visar diagnosticar qualquer problema antes do sinal clinico aparecer, ele fará um eletrocardiograma. A ultrassonografia também pode ser indicada para animais com aumento de volume abdominal ou de mais idade que requerem uma avaliação mais detalhada.

Vale lembrar que no check-up, além de examinar o animal, o veterinário vai procurar doenças que ainda não tenham exteriorizado sinais clínicos. Caso encontre e julgue necessário, poderá agendar um retorno para tratamento e acompanhamento antes do regular.

Como você alerta os seus clientes da importância do check-up periódico nos animais? Conte para gente!

Leave a Reply