Conheça mais sobre o eletrocardiograma veterinário

O exame de ECG pode salvar vidas!
8
29 Maio 2014

Conheça mais sobre o eletrocardiograma veterinário

Problemas cardíacos podem ocorrer com qualquer animal. Para garantir o tratamento adequado, é fundamental que se possa fazer um diagnóstico preciso e detalhado do caso em questão. Hoje, o melhor exame para detectar problemas cardíacos nos animais é o eletrocardiograma (ECG).

Quando a auscultação não detecta anormalidades, o ECG se torna necessário na obtenção de um diagnóstico preciso e na determinação do tratamento adequado do animal.

O exame de ECG pode salvar vidas

O eletrocardiograma é uma maneira de realizar uma avaliação do coração por meio da atividade elétrica. O exame oferece um diagnóstico preciso e pode ser realizado no próprio consultório, com o animal acordado. No exame, eletrodos são presos à pele e captam a atividade elétrica do coração, facilitando a definição de um tratamento eficiente.

O exame verifica seis derivações periféricas através dos eletrodos colocados nas extremidades dos membros, e de quatro a seis derivações precordiais quando a atividade cardíaca é captada através do tórax. Assim, é possível examinar o coração do animal de vários ângulos, o que permite detectar problemas com mais facilidade.

Os pacientes podem apresentar problemas cardíacos a partir dos cinco anos de vida. Em vista disso, a partir dessa idade o exame deve ser feito rotineiramente, a fim de detectar quaisquer anomalias cardíacas, ainda que silenciosas. O ECG também deve ser usado para avaliar a possibilidade de risco cirúrgico no paciente em relação à sedação ou anestesia. Em pacientes de idade mais avançada, o exame é recomendado para avaliar as condições gerais da saúde do animal.

O exame de ECG é recomendado rotineiramente para pacientes a partir dos cinco anos de vida.

Além de identificar cardiopatias, o exame de eletrocardiograma veterinário ainda pode ser utilizado para detectar várias outras arritmias cardíacas, tais como a hipertensão arterial, insuficiências e estenoses valvulares, bem como para avaliar o funcionamento do coração antes da exposição do paciente a terapias cardiotóxicas.

Com os aparelhos adequados, qualquer clínica veterinária pode realizar o ECG de forma simples. Hoje, existem no mercado equipamentos e tecnologias que facilitam a realização do exame.  Um bom exemplo é a telemedicina, método através do qual o exame é enviado via web para veterinários especializados em cardiologia. Assim, o exame é avaliado remotamente, aumentando a eficiência do atendimento, garantindo a qualidade do serviço prestado e reduzindo custos para médico e paciente.

Você ficou com alguma dúvida sobre o eletrocardiograma veterinário?

Comente abaixo que teremos prazer em ajudá-lo!.

Leave a Reply