Especialidades veterinárias: quais são e como escolher?

Especialidades veterinárias: quais são e como escolher?
13 Fevereiro 2017

Especialidades veterinárias: quais são e como escolher?

A conclusão da graduação em Medicina Veterinária é um momento de muita alegria, mas também apresenta uma dúvida. Em que área devo me especializar? Hoje, o leque de especialidades veterinárias é muito grande. Além disso, cada vez mais tutores estão dispostos a investir na saúde de seus pets.

Embora existam cursos de especialização em diversas áreas, nem todas as especialidades são reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária. Ou seja, para obter formalmente o título de especialista, você deverá escolher entre as opções validadas pelo CFMV.

Para facilitar sua escolha, listamos algumas das principais especialidades veterinárias. Confira:

Especialidades Veterinárias

Cardiologia

Problemas cardíacos são comuns em animais de qualquer idade. Malformações, doenças e degenerações prejudicam o coração de muitos pets. A Cardiologia é a especialidade veterinária que lida de maneira mais completa com estes problemas.

Caso opte por essa área, farão parte da rotina de seus pacientes exames como eletrocardiograma, ecodopplercardiografia e Holter. Você será capacitado a identificar e interpretar, com rapidez e precisão, sinais clínicos indicativos de cardiopatias. Seu domínio sobre medicamentos e terapias para o coração também será ampliado.

Embora já exista até mesmo a Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária, essa especialidade ainda não é reconhecida pelo CFMV.

Oncologia

Assim como em seres humanos, o câncer em animais domésticos é uma doença dramática. A Oncologia, como especialidade veterinária, engloba o diagnóstico precoce e o tratamento deste mal.

Se você se especializar em Oncologia Veterinária, seus principais pacientes serão animais em idade avançada, grupo com maior probabilidade de desenvolver cânceres. No entanto, alterações genéticas podem fazer com que pets jovens também sofram da doença.

Recentes avanços tecnológicos vêm melhorando muito as condições de trabalho dos oncologistas veterinários. Além da cirurgia, o profissional desta área conta com tratamentos como quimioterapia e radioterapia. Os meios diagnósticos também já permitem uma visão detalhada da doença de cada animal.

A instituição habilitada pelo CFMV para a concessão de título de especialista nesta área é a Associação Brasileira de Oncologia Veterinária.

Anestesiologia

O anestesiologista lida com a dor. O profissional desta especialidade veterinária aprende a bloquear as sensações desconfortáveis dos pets ou a deixá-los inconscientes.

Caso você decida se especializar em Anestesiologia Veterinária, aprenderá a preparar os animais para intervenções cirúrgicas. Um dos principais pontos será dominar as formas de administração das anestesias, como por vias intravenosa e intramuscular e por inalação.

A preparação do pet para a anestesia, a manutenção desta e a posterior recuperação da sensibilidade ou consciência do animal também fazem parte do escopo de atuação do anestesiologista veterinário.

A instituição habilitada pelo CFMV para a concessão de título de especialista nesta área é o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Anestesiologia Veterinária.

Medicina Intensiva

O profissional especializado em Medicina Intensiva Veterinária trabalha sempre no limite, muitas vezes correndo contra o tempo para salvar uma vida.

O monitoramento constante de funções vitais e a estabilização dos pacientes são constantes da prática do intensivista veterinário, que precisar desenvolver grande controle emocional.

A Medicina Intensiva Veterinária vem ganhando destaque nos últimos anos, com mais tutores dispostos a pagar por atendimentos emergenciais. As maiores oportunidades de trabalho na área estão em UTIs de hospitais veterinários.

A instituição habilitada pelo CFMV para a concessão de título de especialista nesta área é Academia Brasileira de Medicina Veterinária Intensiva.

Odontologia

Longe de tratar de uma mera preocupação estética, a Odontologia Veterinária tem como objetivo garantir a saúde da cavidade oral dos animais de estimação. Esta parte do corpo precisa de cuidados constantes para evitar o aparecimento de doenças.

Ao se especializar em Odontologia Veterinária, você lidará principalmente com o acúmulo de tártaro. Este problema de saúde pode até matar, caso micro-organismos acumulados nas gengivas migrem para o sangue. Por isso, seu trabalho envolverá a conscientização dos tutores, no sentido de levarem seus animais periodicamente ao consultório para uma limpeza.

A Odontologia Veterinária é outra especialidade que vem ganhando espaço recentemente. Hoje, muitos tutores já entendem o impacto que o cuidado com a cavidade oral tem no bem-estar de seus animais. Apesar disso, o CFMV ainda não reconhece o título de especialista nesta área. Para mais informações, consulte a Associação Brasileira de Odontologia Veterinária.

E você, qual especialidade veterinária pretende cursar? Deixe seus comentários e sugestões aqui embaixo!

Leave a Reply