Planejamento cirúrgico ganha reforço de impressões 3D

Planejamento cirúrgico ganha reforço de impressões 3D
22 Janeiro 2016

Planejamento cirúrgico ganha reforço de impressões 3D

A impressão 3D na área veterinária tem sido usada com sucesso para a personalização de partes de animais mutilados ou acidentados como por exemplo: casco de tartaruga, bico de tucano, perna de garça, próteses para cães paraplégicos, entre outras.

O uso da impressão 3D na medicina veterinária para o planejamento cirúrgico de procedimentos ortopédicos complexos e para também para a fabricação de guias cirúrgicas para colocação de implantes tende a melhorar consideravelmente a eficiência desses tipos de procedimentos. Por meio do modelo impresso 3D do animal, que é feito a partir de dados adquiridos através de tomografia computadorizada, o cirurgião pode simular de maneira quase real todo o procedimento cirúrgico. Outra aplicação da impressão 3D é a possibilidade de testar diferentes abordagens operatórias na peça impressa em tamanho real, assim como ser útil no treinamento de equipe e demonstrar aos clientes as condutas terapêuticas, abordando a estratégia e risco cirúrgicos da técnica a ser realizada.

A impressão 3D permite também a fabricação de guias cirúrgicas que serão usadas no procedimento para a colocação precisa de implantes. Do mesmo modo, o cirurgião pode simular o uso das guias e dos implantes nos modelos impressos 3D do animal antes do procedimento, permitindo dessa forma ajustes ou modificações nas técnicas cirúrgicas de maneira rápida e segura sem comprometer o paciente.

A personalização em massa é, sem dúvida, a tendência da impressão 3D na área veterinária. Isso permitirá a execução de procedimentos mais seguros e rápidos tanto para o médico quanto para o paciente além de favorecer sucesso em correções anatômicas e pronta recuperação do paciente.

Outra aplicação da impressão 3D é nos treinamentos de médicos e residentes, possibilitando a apresentação de casos específicos não encontrados nos modelos anatômicos educativos comerciais.

A evolução das tecnologias que interage radiologia e a impressão 3D, a queda de importantes patentes que protegiam os grandes fabricantes e as pesquisas aplicadas de técnicas de impressão 3D voltadas para saúde animal, tornarão os modelos impressos em 3D indispensáveis na prática da medicina veterinária moderna onde o grande ganhador será sempre o paciente.

Quer conhecer mais sobre essa tecnologia e como ela pode ser útil?

Foto: Defence Images via Visualhunt / CC BY-NC-ND

3 Responses

Leave a Reply