Quais são as vacinas obrigatórias para gatos?

16 agosto 2016

Quais são as vacinas obrigatórias para gatos?

Para a saúde, bem estar e prevenção de doenças graves, é fundamental que os gatos tomem todas as vacinas necessárias, de acordo com a sua idade e desenvolvimento. Nos filhotes, esse cuidado é ainda mais importante, já que o seu sistema imunológico ainda não está completamente desenvolvido. Cabe ao veterinário indicar ao tutor quais vacinas devem ser tomadas e oferecer um guia com as datas, dosagens e tempos de intervalo.

Vacinas para filhotes de gatos

Os filhotes só devem ser vacinados após 60 dias de vacina, isso porque o leite materno passa anticorpos que podem interferir no efeito das vacinas, fazendo com que a imunização não seja completa. Também é importante que, no dia da vacina, o gatinho esteja saudável, sem nenhum sintoma como febre ou diarreia.

As duas vacinas imprescindíveis para esses primeiros meses de vida são a Polivalente e Antirrábica:

Vacina Polivalente

Ela pode ser na versão tríplica (V3) e quadrúpla (V4). A V3 protege o filhote Panleucopenia, Rinotraqueíte e Calicivirose e na V4, as mesmas doenças e mais a Clamidiose. Essas vacinas precisam ser dadas em 3 doses, sendo que a primeira é após os 60 dias de vida, a segunda trinta dias depois (próximo dos 90 dias de vida) e a terceira dose também 30 dias depois (próximo dos 120 dias de vida).

Vacina Antirrábica

A vacina antirrábica previne os gatinhos contra a raiva, uma doença que hoje em dia não é mais tão comum, mas ainda é uma preocupação por ser incurável e fatal. Outro problema é que a doença da raiva também pode ser transmitida para os humanos. O ideal é que essa vacina seja aplicada aos 120 dias de vida do bichinho.

Vacinação de gatos adultos

O gato adulto já tem o seu sistema imunológico formado, mas, mesmo assim, é suscetível à doenças perigosas e precisa de vacinação. Caso um tutor adote um gato já em idade adulta, o veterinário deve recomendar que, imediatamente, as vacinas obrigatórias sejam aplicadas. Nessa situação, a dose é única da vacina polivalente, que pode ser dada no mesmo dia que a antirrábica.

Todo os gatos, independentemente se vacinados quando filhotes ou somente quando adultos, devem ter as suas vacinas repetidas anualmente para ter garantia de saúde.

Dica para o veterinário

Uma boa ideia para oferecer qualidade de atendimento aos tutores e gatinhos que frequentam a sua clínica é manter um agendamento das vacinas. Assim, quando passar um ano da última dose, você pode ligar para o seu cliente, informá-lo da importância de replicar a vacina e já agendar um atendimento para o animalzinho.

Você faz a vacinação de gatos na sua clínica veterinária? Conte aqui a sua experiência!

Leave a Reply